Outbound 2.0

O que a sua empresa precisa para fazer outbound 2.0

As empresas estão se rendendo cada vez mais ao modelo híbrido: a união entre inbound e outbound marketing, o famoso funil de vendas em Y*.

Esse modelo ajuda tanto a captação de novos clientes quanta na educação do seu nicho sobre o seu serviço.

O inbound se destacou nessa “‘guerra’’, pelos diversos recursos para a aquisição de leads, como e-mail marketing, e-books, webinars, landing pages e tantos outros materiais, mas isso gerou a necessidade de ter profissionais com diferentes conhecimentos técnicos, maior quantidade de material produzidos o que tornou o inbound um alto investimento.

Um outro ponto no caso do inbound é a “curva de tempo dos resultados”. Leva-se um tempo até assimilar e dominar a área de negócio e seu nicho, traduzir as métricas e ajustar as ações o que torna ainda mais desafiadora a gestão de um projeto de inbound marketing.

E assim, o outbound voltou a ganhar forças pela ‘’menor curva de tempo para resultados”’ e menor investimento em estratégias de vendas, sendo um grande aliado ao inbound e deixando para trás os dias de esquecimento.

Para muitas pessoas, o outbound ainda é visto daquela forma arcaica dos anos 90: uma central de telemarketing fazendo cold calls. E é claro que essa dinâmica é insustentável. 

O ponto é que o outbound não funciona mais assim!

Precisamos então desmistificar a complexidade do outbound 2.0

A estrutura mínima para implantar o NOVO outbound que realmente funciona 

Domínio de cold calling 2.0

O cold calling 2.0* é um método de prospecção que veio substituir a assustadora cold call – aquela ligação telefônica fria que você faz ao seu potencial cliente sem ele sequer ter mostrado interesse pelo seu serviço ou ter informações assertivas sobre ele. O terror tanto de quem faz a ligação, que enfrenta enorme resistência, quanto por parte de quem a recebe, que tem que lidar com pessoas mal treinadas que sacrificam a qualidade pela quantidade, a fim de buscar uma venda “agulha no palheiro”.

O processo do cold calling 2.0 normalmente começa com o envio de e-mail personalizado para o seu prospect. Se o e-mail teve uma resposta de interesse, aí entra a ligação telefônica. Se não houve, segue com uma cadência de follow-ups* para tentar ter a interação do prospect.

Se quiser entender mais sobre as diferenças entre Cold Call x Cold Call 2.0, clique aqui:

Se quiser aprender mais sobre como escrever esses e-mails, esse post aqui fala somente disso: Cold Mail 2.0.

* Se você tiver dúvidas sobre esses termos, já disponibilizamos aqui no blog um glossario explicando tudo sobre eles.

Cold Mail 2.0

Princípios de como escrever um bom cold email

• O foco é a pessoa e não a venda – foque em falar sobre os desafios específicos daquela função com quem você está falando e não do que você quer vender de forma tão explícita.

• Seja original no campo assunto para aumentar a taxa de abertura do e-mail, sem entregar o objetivo da mensagem. Não informe um assunto que não seja relacionado com a mensagem.

• Insira com moderação emojis, GIFS, imagens, anexos, vídeos e tenha cuidado com links.

• Apresente-se, afinal, o seu lead não o conhece.

• Mensagem curta ou longa, mas com propósito.

• Exponha a dor do cliente – os seus serviços soluciona o que para ele? Ataque nesse ponto.

• Entregue a sua proposta de valor.

• Não fale de preços.

• Finalize o e-mail com um call-to-action -para o lead  responder o e-mail ou marcar uma call para criar conexão e se aprofundar na necessidade de quem está sendo prospectado.

• Crie listas bem segmentadas para que você consiga métricas consistentes e possa obter análises para avaliar o desempenho e assim, melhorar a sua estratégia.

• Envie o e-mail diretamente da caixa de um colaborador do cliente (nada de endereço genérico como [email protected], muito menos [email protected]).

• Faça follow-up sempre que necessário nos e mails respondidos.

Construir melhores bases de Leads

Se a empresa puder ter um profissional dedicado ao outbound, melhor. Caso contrário, é importante que o profissional tenha tempo suficiente para se dedicar às funções envolvidas no outbound, principalmente na construção das listas de prospects.

O segredo!

Para facilitar o trabalho do dia a dia, as ferramentas são fundamentais para você automatizar o processo e ter mais tempo para relacionamento e fechamento do negócio.

A Speedio é uma plataforma de prospecção leads para empresas B2B. Possuímos integração com os principais CRMs do mercado.

Um comentário

Comentários estão fechados.

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS